Sala de Reunião

 :: Nível 3

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mensagem por Master em Ter Nov 26, 2013 12:12 pm




Sala de Reunião

Edit




-------------------------------------------------------------
avatar
Informacion
Mensagens : 188
Pontos : 412

Dados Especiais
Experiência : 00/100
G$: 00,00
Status:
StatusPontos
Vitalidade0
Energia0
Ver perfil do usuário
CLINICO GERAL
Unidade Hospitalar Magica

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Phoenix Syddle Bolter em Sex Dez 06, 2013 5:13 pm


Alone




Isqueiro, escuro, monotonia. Faltavam poucos dias para a viagem. Phoenix havia prometido a filha que a levaria para visitar alguns países. Mas, antes de partir, a ministerial precisava conferir algumas papeladas no Ministério da Magia.
E lá estava ela, trajando um longo vestido negro, sapatos altos com os saltos finos, cabelo preso e alguns acessórios, como sua aliança de casamento e o belíssimo colar que a mesma tinha ganho de seu marido há alguns anos atrás.
Phoenix se dirigiu a sala onde trabalhava, mas não o encontrou. Por onde Iron andaria? Essa a pergunta que a senhora Bolter tentava resolver. Respirou fundo, caminhando pelos corredores do Ministério. Adentrou a sala de reunião, mas seu marido também não estava lá. Respirou fundo, fechou a porta e se sentou numa poltrona. Estava exausta, a viagem ao mundo bruxo deixava Phoenix cansada. A mesma não gostava muito do lugar, mas em sua área de trabalho era preciso conhecer muito sobre os trouxas.
Mordeu o lábio inferior, ajeitou os óculos e pegou alguns papéis que estavam dentro de sua bolsa. Talvez conseguisse aproveitar o pouco de tempo que lhe sobrava, assinando alguns documentos e escrevendo outros. Phoenix arqueou a sobrancelha esquerda, pendeu a cabeça para o lado e mordeu o lábio inferior. Levantou-se, pegou uma garrafa de whisky e um copo. Colocou um pouco da quente bebida no recipiente. Segurou o copo, o mexeu de forma lenta e levou até os lábios, sentindo o aroma da bebida. Sentou-se novamente, cruzou as pernas e bebeu alguns goles do whisky.
Talvez seu trabalho não fosse agradável, mas ela gostava daquele lugar. Trabalhar no Ministério da Magia era quase uma marca dos Bolters. Ela ajeitou os óculos e colocou os papéis no colo, lembrando de sua sobrinha Anastácia. A jovem Ana também trabalhava no Ministério, e estava passando por momentos ruins. Os pais de Anastácia e Erik querem que eles se casem, mesmo sendo primos. Sangue-puro.
Phoenix esboçou um breve sorriso nos lábios, balançando a cabeça de forma negativa. O tempo corria como o coelho branco apressado. A senhora Bolter ainda esperava por seu marido, mas parecia que ele não estava no ministério. Ela bebeu todo o líquido do copo e se levantou. Pegou os papéis, colocou dentro da bolsa e suspirou.
Felizmente a hora de voltar para casa estava chegando. Phoenix estava ansiosa para ver seus filhos. Tamy estava cada vez mais bela e crescida. Jevon aparentava ser um dos mais inteligentes de sua casa, a sonserina. E Bran, continuava sendo o mesmo anjinho de sempre. Bran era o filho que Phoenix não conseguia acompanhar o crescimento, o que a deixava triste. Mesmo Bran sendo adotado, ele pertencia a família, foi registrado como filho de Iron e Phoenix. Bran era um Syddle Bolter.
A ministerial olhou para os lados, tentando ver se havia bagunçado algo. Cerrou os olhos e saiu da sala de reunião, batendo a porta com força ao sair.  
avatar
Informacion
Mensagens : 2
Pontos : 2
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 :: Nível 3

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
O RPG PASSA-SE NO MUNDO DE HARRY POTTER, CRIADO POR J.K ROWLING. SUA TRAMA FORA INTEIRAMENTE DESENVOLVIDA PARA USO DO TRIWIZARD PELA STAFF DO MESMO, E AGRADECEMOS DESDE JÁ A TODOS OS NOSSOS JOGADORES QUE COM SEUS PERSONAGENS AJUDARÃO NO DESENVOLVIMENTO DESTA.

A NOSSA SKIN FORA INICIALMENTE CRIADA POR DAKARIA, TENDO TODAS AS EDIÇÕES EXECUTADA POR S.L (FREI GORDUCHO). AS IMAGENS USADAS FORAM TIRADAS DO GOOGLE E EDITADAS POR S.L. LEMBRE-SE, PLÁGIO É CRIME.